piscina-iluminacaorr

Iluminar piscina é tendência

Ter uma piscina bem iluminada em casa é garantia de beleza e funcionalidade na área externa. As luzes que decoram permitem também aproveitar o espaço durante a noite, com esportes ou apenas momentos de relax. E existem várias opções para o projeto luminotécnico, sendo o LED e a fibra ótica as mais reconhecidas do mercado. A primeira alternativa consome menos energia e exige baixa manutenção – há refletores de 3,5 watts, contra os 50 watts das lâmpadas dicroicas.

“Alguns refletores de alta potência têm amplo ângulo do facho de luz (120°), permitindo iluminar áreas de até 15 m²”, diz Sinderval Tarzia, gerente de engenharia da Nautilus, empresa especializada no comércio de equipamentos para piscinas.

Iluminação de Piscina

“A iluminação da piscina tem que ser adequada ao tamanho do tanque e à cor do revestimento interno, para que haja luz na totalidade”, afirma Adriana Noya, arquiteta.

O sistema LED conta ainda com grande variedade de cores e refletores potentes de até 300 watts (devendo ser instalados na parede da piscina a cada 48 m²). “A iluminação da piscina tem que ser adequada ao tamanho do tanque e à cor do revestimento interno, para que haja luz na totalidade”, afirma Adriana Noya, arquiteta. E, caso não seja possível colocar as luzes dentro da piscina, o ideal é posicionar os refletores na direção da água. “As pessoas erram muito ao instalar os fachos na direção do imóvel, pois isso ofusca quem está na água”, diz. Além disso, é essencial ressaltar que quanto mais escuro for o revestimento da piscina, mais claridade ele absorverá do ambiente.

Outro aspecto fundamental no projeto luminotécnico é iluminar as áreas de risco da piscina – escadas e degraus, por exemplo –, além de criar contrastes de luz e sombra nas quinas do tanque. Lembre-se também de instalar o dispositivo DR (Diferencial Residual), garantindo a interrupção automática de energia no caso de choques. A escolha do colorido das luzes é mais um ponto a ser estudado. Tonalidades de vermelho ou laranja trazem a impressão de calor ao local, já as cores azul e verde deixam a sensação de que a água está fresca e gelada.

Iluminação de Piscina O projeto luminotécnico da piscina pode contar com lâmpadas LED ou sistemas de fibra ótica. Lembre-se ainda de garantir a presença de luzes na área externa da casa.

A iluminação com fibra ótica é outra possibilidade na hora de trazer luz à piscina. Uma de suas principais vantagens é o baixo risco de acidentes elétricos. O sistema tecnológico é seguro e exige a construção de uma caixa para o abrigo dos equipamentos, não sendo interessante usar conduítes ou caixas de passagens de instalações antigas. A fibra ótica tem vantagens também na questão estética. O modelo permite criar, por exemplo, o visual de “estrelas” no chão da piscina, graças ao uso de projeções e saídas pontuais de luz. E não é só isso. O tanque pode ganhar ainda a iluminação no contorno, garantindo mais destaque ao formato da piscina.

FAÇA UM COMENTÁRIO