Etapas de uma obra: Do projeto até a entrega das chaves

Do momento de preparação do terreno até a entrega das chaves de um apartamento, muita coisa acontece. É comum os futuros moradores ficarem ansiosos e querer saber o que está acontecendo, em que fase a obra está, pois é um jeito de controlar a ansiedade até o grande momento chegar. 
Projeto arquitetônico
Toda obra precisa de um projeto arquitetônico. Ele contém a planta baixa do imóvel, cortes, cobertura, fachadas, especificações, enfim, tudo o que terá no imóvel. 
Quem elabora esse projeto é um arquiteto ou engenheiro civil e ele irá garantir que os espaços sejam bem aproveitados, tenham uma boa circulação, conforto e funcionalidade. Além deles, é preciso incluir profissionais responsáveis pelos projetos complementares: projetos estruturais, instalações hidráulicas, elétricas, telefonia, entre outros.
Depois que o projeto foi feito é necessário levar até a prefeitura e aguardar a aprovação, ela irá verificar se o projeto está de acordo com o código de obras do município. Depois do ok da prefeitura é preciso fazer a matrícula do imóvel e emitir o alvará de construção. 
Orçamento
O orçamento da obra é entregue para construtora e deve conter a estimativa de gastos com materiais básicos, equipamentos e mão de obra que será utilizada. As construtoras consideram o Custo Unitário Básico de Construção (CUB/m²) como base, que varia de região para região.
Em qualquer tipo de obra, seja de pequeno ou grande porte, é essencial se planejar para que não haja desperdício de material, ociosidade da mão de obra e, principalmente, garantir que o cronograma seja cumprido, pois materiais de divulgação contém informações como data prevista de lançamento e, quem compra um apartamento na planta, por exemplo, espera que as chaves sejam entregues na data anunciada. 
Para isso, muitas construtoras utilizam softwares que ajudam a definir precisamente os custos de cada etapa bem como mão de obra necessária.
Serviços preliminares
Antes da obra começar o terreno deve ser fechado para proteger os materiais, ferramentas, maquinário e evitar que pessoas não autorizadas tenham acesso. Depois os pedreiros montam o canteiro de obra e fazem as instalações temporárias de água e energia elétrica, bem como sanitários. 
Mão na massa! Agora sim as obras podem começar de fato. A limpeza do terreno, terraplanagem e compactação do solo são finalmente executados.
Fundações, estruturas e alvenaria
Nessa etapa começam a ser feitas as fundações, que são necessárias para distribuir a carga da construção para o solo, evitando trincas e rachaduras e a sua composição depende do tipo de solo e das características de cada construção. 
Depois são instaladas as peças estruturais: pilares, vigas, lajes, etc, que darão sustentação e forma à construção. Após as estruturas instaladas começa a execução da alvenaria. As paredes são levantadas e já é possível ver os cômodos ganhando forma. Depois são feitos o chapisco e reboco, deixando a superfície pronta para o revestimento.
Cobertura
Nessa fase é feita a montagem do telhado. O material pode ser de diversos materiais (telhas de cerâmicas, concreto, fibrocimento, etc), tudo depende do tipo de construção. Também são instaladas as calhas, rufos, rincões para captação e escoamento da água pluvial.
Instalações elétricas, hidráulicas e complementares
Aqui chega a hora de chamar a equipe de eletricistas para passar os fios pelos conduítes, instalar tomadas, interruptores, ligar os disjuntores, enfim, fazer todos os procedimentos de elétrica. 
Também é nesta fase que o time de encanadores prepara as valas para a passagem dos encanamentos, coloca e liga os canos de águas pluviais e de esgoto, além de ligar a água da rua.
E, além dessas instalações, é preciso falar as complementares: gás, ar condicionado, banheiras, serviços de telefonia, internet, televisão a cabo, etc.
Gesso, revestimentos e acabamentos
Após a instalação das partes elétricas, hidráulicas e etc, chegou a hora de aplicar o gesso e colocar piso. É muito comum alguns empreendimentos serem entregues com pisos cerâmicos e azulejos somente em áreas molhadas, deixando os demais ambientes no contrapiso para o morador escolher o revestimento que preferir para cada cômodo.
Esquadrias e pintura
A obra está finalmente chegando nos últimos momentos, a instalação de portas e janelas é uma das últimas etapas. Após portas e janelas instaladas vem a pintura das paredes e teto. Por se tratar de um reboco novo, é preciso lixar as superfícies para remover qualquer irregularidade. Depois os pintores corrigem pequenas imperfeições com massa corrida e lixam de novo após secar para, só então, entrar com a tinta.
Áreas externas
A última etapa é a execução das áreas externas: Pisos antiderrapantes, pintura, plantio de grama, jardins, etc. É nessa hora que áreas comuns, como piscina, quadras, salões, são finalizadas.
Limpeza e entrega das chaves
A obra acabou e o empreendimento está pronto para ser entregue! Antes de de fato entregar as chaves, uma limpeza pós-obra é feita para remover qualquer vestígio de pó nos ambientes. 
Pronto! O empreendimento está pronto para ser entregue ao futuro morador. Mas, antes disso, é preciso registrar o imóvel e pagar o ITBI (Imposto Sobre Transmissão de Bens Imóveis), além de emitir o Certificado de Vistoria de Conclusão de Obras (CVCO) pela prefeitura, esse documento atesta que o imóvel foi construído de acordo com a lei vigente e sua ocupação é permitida.
Só então a construtora entra em contato e agenda uma vistoria com o proprietário para que cada detalhe seja verificado. Veja aqui um cheklist que criamos para você levar na hora de fazer uma vistoria de imóvel.
Gostou de saber um pouco mais sobre como é uma obra de um imóvel? Agora que você já sabe tudo, pode acompanhar as obras do Residencial Villare, a previsão de entrega é para janeiro de 2022. Acesse https://fratellicei.com.br/villare/ e acompanhe a obra com a gente!
Gostou desse conteúdo? Separamos outros conteúdos que podem ser úteis para você:

FAÇA UM COMENTÁRIO