5 dicas de planejamento financeiro para conseguir comprar seu imóvel

A compra de um imóvel exige ter um certo conhecimento e planejamento, e com uma boa organização fica bem mais fácil alcançar os objetivos. Criamos este artigo para dar algumas dicas sobre como fazer um bom planejamento financeiro para a compra de um imóvel, afinal, é um investimento de alto valor que, se não feito de forma correta, pode trazer muita dor de cabeça e dívidas. Vamos lá?

1. Organize suas finanças pessoais

Antes de dar início de fato à negociação de compra de um imóvel é imprescindível fazer contas. Coloque suas finanças e orçamentos na ponta do lápis e verifique o quanto você tem disponível, o valor das parcelas de um investimento não costumam ser baratas, por isso, é preciso realinhar os gastos e despesas para inserir os custos do processo de compra. Com isso você já terá em mente uma base do quanto deve economizar para que não passe por maus bocados.

Estabelecer a meta de poupar uma quantia determinada por certo tempo também é uma opção, assim, se alguma emergência surgir, você já terá uma reserva.

2. Defina suas metas

Saber aonde quer chegar é essencial, por isso, estabeleça uma meta, defina seus objetivos. Se comprar um apartamento é o seu plano, então faça o seu planejamento baseado nisso, você pode definir um percentual fixo para poupar e pode ser mensal, quinzenal, semanal ou até diário. Você pode abrir uma conta poupança em algum banco especificamente para isso, existem até opções que não permitem movimentar o dinheiro por um certo tempo, o que é uma boa opção para quem está querendo economizar.

Além disso, organização é fundamental. Monte planilhas, anote em um caderninho ou até mesmo baixe um aplicativo financeiro, como o Guiabolso, ele sincroniza automaticamente todas as despesas do usuário, inclusive transações bancárias. Ter esse controle sobre suas metas ajuda na conscientização delas e permite verificar se realmente está sendo efetivo ou não.

3. Defina o método de pagamento

A forma de pagamento de um imóvel é a principal preocupação de quem está querendo realizar o sonho do casa própria, então pesquise bem antes de fechar qualquer negócio. Existem diversas formas de pagamento como o financiamento, consórcio ou à vista. Por isso, avalie bem a sua capacidade financeira e busque a melhor alternativa para você. Se, por exemplo, você acredita que a melhor opção é dar uma boa entrada, faça seu planejamento financeiro com esse objetivo, assim você não fugirá da sua meta durante o período em que estiver economizando.

4. Faça pesquisa de preços de imóveis

Outro ponto fundamental é fazer a pesquisa de preços de imóveis. Invista seu tempo em pesquisas e procure por opções que estejam de acordo com a sua realidade e o seu orçamento, afinal, não adianta comprar um apartamento que não cabe no bolso. Visite imobiliárias e veja quais são as opções que se encaixam melhor no seu orçamento mas que também ofereçam o que você procura, pois não adianta o imóvel ter um preço bom e não possuir boa estrutura.

Seguindo esses passos você poderá ter uma base de preços e opções que estarão dentro do seu orçamento.

5. Fique a par de todos os gastos envolvidos

Comprar um apartamento não significa que você gastará apenas com a sua compra em si, existem outros gastos envolvidos durante e após o fechamento do negócio, como por exemplo taxas, impostos e gastos com documentos. Por isso, ter conhecimento prévio de todos os possíveis gastos envolvidos torna sua compra mais consciente e planejada. Considere adicionar ao seu planejamento financeiro uma pequena taxa para esses tipos de gastos a fim de minimizar os risco.

Fazer um planejamento financeiro pode parecer difícil, mas à medida que você cria o hábito de poupar dinheiro, por menor que seja a quantia, você acaba percebendo que atingir seus objetivos fica mais fácil ainda!

Então, está pronto para iniciar o seu? Converse com um de nossos corretores, eles irão te ajudar a entender todos os gastos envolvidos ao comprar um de nossos imóveis.

FAÇA UM COMENTÁRIO