10 itens para analisar em um imóvel antes de comprar

Comprar um imóvel é a realização de um sonho para muitas pessoas, pois é a concretização de um projeto de vida, uma conquista e, por isso, é necessário fazer uma vistoria rigorosa antes mesmo de dar qualquer passo rumo a tão sonhada casa própria.

A visita é o momento em que o comprador irá verificar cada detalhe do imóvel, comparando com o que está sendo acordado na aquisição, mas é difícil estar atento a cada detalhe.

Pensando nisso, elaboramos um checklist de coisas que você deve verificar, e por mais simples que pareçam, podem ajudar a evitar muitos problemas no futuro. Vamos lá?

1) Memorial descritivo

Antes de fazer a visita de fato, o comprador deve solicitar o memorial descritivo do empreendimento, um documento que possui a descrição completa, detalhada e aprofundada do imóvel como o número de cômodos, materiais utilizados na construção e acabamento.

Ele pode ser conseguido com a construtora responsável pelo local e deve ser lido com atenção, pois caso haja algum detalhe que não esteja de acordo com o memorial, é direito do comprador exigir o que está descrito nele.

2) Plantas do imóvel

Juntamente ao memorial descritivo o comprador deve levar documentos que facilitarão a vistoria, como por exemplo a planta dos pontos de iluminação e tomada, planta hidráulica e uma planta-baixa de todo o imóvel. Cheque se as medidas do imóvel estão de acordo com o que foi prometido.

3) Instalações elétricas

As instalações elétricas devem ser conferidas se estão identificadas e distribuídas conforme mostra o projeto a partir do quadro de circuitos do imóvel.

Já as tomadas e pontos de energia podem ser facilmente testados, como por exemplo acender a luz em um ponto e apagando em outro para ver se há funcionamento dos interruptores paralelamente.

Lembre-se de testar também se a campainha e o interfone estão funcionando corretamente.

4) Instalações hidráulicas

Já as instalações hidráulicas podem ser conferidas testando as descargas, se há vazamento da água nas torneiras, possíveis vazamentos dos sifões e da tubulação das torneiras bem como se a marca especificada das louças e metais estão de acordo com o que foi especificado no memorial descritivo.

5) Materiais

No caso do revestimento do imóvel, confira se o tipo do material usado é o que está especificado no projeto, se há manchas, trincas ou qualquer defeito nas peças. Já a abertura e fechamento das portas e janelas podem ser testados facilmente.

Além disso, observar a aparência dos vidros (riscos, trincas ou manchas)  também é um fator importante.

6) Piso

Também é importante conferir o assentamento batendo de leve a fim de checar se estão ocos ou não e se o rejunte está bem feito e preenchido.

Para identificar o nivelamento do piso basta colocar algum objeto circular, como bolinha de gude e observar se ela anda para algum lado. Esse ponto também pode ser checado com uma régua de nível.

7) Paredes e teto

Verificar a pintura das paredes, se há partes descascadas e as partes onde estão os interruptores, tomadas e lâmpadas estão bem acabadas.

Em caso de forros feitos de gesso observar se há manchas é tão importante quanto o resto, pois qualquer sinal de mancha é sinal de infiltração.

Fique atento ao tipo de construção, se é bloco estrutural (ou alvenaria estrutural), ou se é concreto armado. A segunda modalidade permite a personalização das unidades, permitindo que se retire ou mova paredes sem qualquer problema, configuração inviável no modelo de bloco estrutural.

8) Iluminação e climatização

Outro fator importante é fazer visitas ao local em diferentes horas do dia, desse modo pode-se observar a iluminação natural do local bem como qual parte do imóvel fica em maior contato com o sol, o que pode tornar o ambiente abafado e quente caso não haja uma circulação de ar ou janelas bem posicionadas.

Além disso, não se esqueça de verificar se há estrutura adequada para a instalação de ar condicionado ou tubulação de água quente. Muitas construções (geralmente mais antigas) não dão suporte a estas instalações.

9) Garagens

Verifique a quantidade de vagas e as medidas das garagens, se estão em conformidade com o que foi adquirido. Se atente também à facilidade de acesso e à segurança para entrar e sair do local.

10) Áreas externas

Espaços em condomínios como salão de festas, academia, salão de jogos e piscinas são ótimos para o lazer com a família. Lembre sempre de visitar estas áreas, se já estão equipadas e qual o custo que elas acarretam no condomínio. Também lembre-se de verificar as áreas como escadas de incêndio, se possuem pisos antiderrapante ou não e se estão dentro das especificações de segurança.

Considerações finais

Em caso de apartamentos recém lançados é comum a energia, água, estarem desligadas.

Desse modo, o comprador pode reclamar com a imobiliária/construtora sobre qualquer detalhe ou erro, por menor que seja, que não esteja de acordo com o prometido e, dependendo da gravidade do que for certificado na vistoria, pode recusar-se a receber as chaves do imóvel por direito.

Mas, vale lembrar que caso algum dos problemas tenha sido causado por quem habita o imóvel, não é da construtora a obrigatoriedade de ajuste.

A vistoria é uma das partes mais importantes na compra de um imóvel e, embora sejam muitos pontos a serem observados, é melhor estar ciente de tudo para que não haja problemas no futuro.

Para te ajudar ainda mais, preparamos um checklist para que você possa levar no momento da visita, de forma a não deixar nenhum detalhe que citamos acima para trás. É bem simples, basta imprimir, levar uma caneta e ir marcando os pontos que estão “ok” no imóvel que está visitando.

Faça aqui o download do checklist

Esperamos ter te ajudado a analisar melhor o seu futuro imóvel!

FAÇA UM COMENTÁRIO